the_terror_of_meadd

%AVATAR%

%LOGIN% %TIMESTAMP%

%COMMENT%

the_terror_of_meadd

há 1624 dias | 235 Visualizações

Maria Sangrenta



Esta lenda é capaz de ser a mais assustadora que conheço. ainda hoje me assusta, por isso, se gostam de dormir à noite, se calhar é melhor não a lerem. (Estou brincando :D)

Episódio: Bloody Mary

A Verdade:

Segundo a tradição, a "Maria Sangrenta" é um jogo no qual um fantasma com esse nome aparece no espelho quando é chamado. Uma das formas mais populares de convocar o espírito é por-se à frente de um espelho no escuro (o mais comum é na casa-de-banho) e repetir "Maria Sangrenta" três vezes, apesar de existirem várias variações. Algumas incluem chama-la cem vezes, à meia-noite, rodar, esfregar os olhos, por água a correr ou dizer o nome 13 vezes com uma vela acesa. Em algumas versões, quem a está a convocar deve dizer "Maria Sangrenta, matei o teu filho!" ou "Matei o teu bebé". Acredita-se que, nestas versões, o espírito é o de uma mãe (muitas vezes viúva) que matou os seus filhos ou uma mãe a quem roubaram o bebé e que se suicidou. Em histórias onde Maria supostamente acusada erradamente de matar os seus filhos, diz-se "Acredito na Mary Worth". Isto é semelhante a outro jogo que envolve a envocação da bruxa de Bell num espelho à meia-noite. O jogo é muitas vezes um teste de coragem, uma vez que se diz que, assim que o espírito aparece, mata quem o convocou de forma violenta, como arrancar a cara ou os olhos, levar a pessoa á loucura ou levar a pessoa com ela para o espelho. Algumas versões dizem que, se alguém a chama 13 vezes à meia-noite num espelho, ela aparece e a pessoa pode fakar com um falecido até ás 12:01, quando a Maria Sangrenta e o falecido desaparecem. Outras versões dizem que, se quem a envoca não a olhar directamente pode ficar a saber o seu futuro, nomeadamente em relação ao casamento e aos filhos.
Uma das variações, Bloody Mary Worth, é tipicamente descrita como uma criança assassina que viveu na cidade onde a pessoa se encontra. Há muitas vezes um cemitério local ou uma campa que se associa á lenda.
Por outro lado, muitas pessoas que dizem que a lenda à volta da caluniação da Maria Sangrenta devido ao seu bebé pode estar relacionada com a história da Rainha Maria I da Inglaterra, conhecida pela alcunha de "Bloody Mary". A vida da Rainha foi marcada por um grande número de abortos e falsas gravidezes. Se Maria I tivesse conseguido dar à luz um filho, estabeleceria uma sucessão da Igreja Católica Romana na monarquia inglesa e ameaçaria a continuação das perseguições religiosas após a sua morte. Há quem especule que os abortos foram induzidos prepositadamente. Como consequência, alguns recontos da história fazem a Maria Sangrenta a Rainha levada à loucura pela perda dos seus filhos.

O ritual do espelho pelo qual a Maria Sangrenta é convocada também podem ser relacionados com uma forma de divinação que envolve espelhos e escuridão que foi, a certa altura, realizada no Dia das Bruxas. Enquanto que, como acontece com qualquer lenda, os detalhes podem variar, este conto em particular encorajou jovens mulheres a subirem um lance de escadas de costasa a segurarem numa vela e num espelho de mão numa casa escura. Quando olhavam para o espelho, dizia-se que poderiam ver a cara do futuro marido. Também se dizia que, em vez disso, poderiam ver a cara da Morte, isto significava que morreriam antes de se casarem.

the_terror_of_meadd não deixa você ver os comentários que recebeu nesta foto.

Apenas quem tem uma conta no Meadd pode comentar.