terroronline
terroronline

badge

%AVATAR%

%LOGIN% %TIMESTAMP%

%COMMENT%

terroronline

3/13/19, 4:27 PM | 18 Views

Por Tatiana

Créditos: sobrenatural.org

Esse é o meu primeiro relato aqui no Sobrenatural.org!

Gostaria de dividir com todos como foi minha primeira visão, meu primeiro contato com o "outro lado".

Sempre tive premonições ou sensações desde bem pequena, inclusive em relação a morte do meu pai, aos 9 anos. Porém meu primeiro contato visual se deu aos 12 anos.

Era fim do ano de 1986, havíamos nos mudado para nossa nova casa há alguns meses, queria exlicar aqui que a nossa casa foi planejada e construída pela minha mãe, peças amplas, sem recantos suspeitos num terreno onde nunca antes houve moradias construídas, inclusive ali antes era um leito de um riacho transladado, que necessitou de muito aterro para ser construído, porém era um terreno grande, diferente daqueles que haviam disponíveis aqui em Porto Alegre/RS onde moro.

Porém, por um motivo por mim desconhecido na época, eu tinha medo de andar pela casa se não havia ninguém por perto, entrava correndo e fechava a porta do quarto que mesmo à luz do dia mantinha sempre com as luzes acesas. Nessa porta eu tinha um rosário pendurado (presente dos meus avós paternos) que eu achava que poderia me proteger.

Minha vó materna, de nome Maria, hoje falecida infelizmente, que morava no interior, estava de visita na minha casa e fazíamos um churrasco para o almoço de Domingo.

Toda a minha família estava na garagem e eu tive que ir ao meu quarto, não lembro bem o motivo, porém não havia necessidade que alguém fosse comigo e eu era orgulhosa demais para admitir que tinha medo de andar sozinha na minha própria casa.

Ao entrar na porta da cozinha, já senti denovo aquela sensação estranha, ao me dirigir para porta da sala aquela sensação era quase opressora corri ao meu quarto (para variar) mas não tive tempo de fechar a porta pois quando vi o relfexo dos meus pés no espelho que eu havia deixado no chão (depois das brincadeiras de boneca) havia mais um par de pés atrás de mim, com sandalinhas vermelhas...

Virei-me rapidamente e vi uma garota, um pouco menor que eu, de vestido de fesa xadrez vermelho, morena de cabelos lisos e curtos, sorrindo para mim. Meus joelhos amoleceram e caí no chão.

Nesse momento, minha vó entrava pela porta do quarto, a abracei chorando e, antes mesmo que eu começasse a falar, ela disse:

- Sei o que está acontecendo!

Ela me contou que já tinha visto a garota atrás de mim várias vezes e se surpreendeu que eu ainda não tinha visto, pois como ela, eu também seria médium. Que o que a menina queria era "brincar" comigo, que eu não devia temer, mas sim tentar ajudar para que ela fizesse a passagem.

Pedimos que ela fosse iluminada para poder ficar tranquila, nunca soube quem era, nem por que ela havia se ligado a mim, apenas sei que nunca mais a vi.

Esse foi o pontapé inicial para que eu começasse meus estudos sobre fenômenos paranormais.

E lá se vão 23 anos...

Nossa estou ficando velha (rs)!

Espero que tenham gostado, pretendo ainda colocar alguns relatos dos meus casos estudados, se os envolvidos assim pemitirem!

Abraços a todos!

Tatiana

Subscriptions with local payment methods

Unlimited photos

Subscribe to Meadd

Just who has an account on meadd can comment.

Special