netflixbr
netflixbr

News

𝐻𝑖𝑠𝑡𝑜́𝑟𝑖𝑎

𝐂𝐫𝐞𝐬𝐜𝐢𝐦𝐞𝐧𝐭𝐨

No dia 25 de fevereiro de 2007, a Netflix entregou o seu bilionésimo DVD. Em abril de 2011, o seu serviço de streaming contava com 23 milhões de assinantes nos Estados Unidos. Neste ano, o faturamento digital total da empresa chegou à marca de US$1,5 bilhão. Em janeiro de 2013, a Netflix comunicou ter adicionado dois milhões de assinantes norte-americanos durante o quarto trimestre de 2012, contabilizando um total de 27,1 milhões de consumidores nos Estados Unidos e 29,4 milhões de usuários totais do seu serviço de streaming. Além disso, o faturamento teve aumento de 8%, atingindo 945 milhões de dólares no mesmo período.

Por volta de março de 2013, a Netflix tinha 33 milhões de assinantes, um número que subiu a 36,3 milhões já no mês de abril seguinte. Em setembro de 2013, durante o terceiro relatório trimestral do ano, a empresa divulgou ter 40,4 milhões de assinantes do serviço de streaming (31,2 milhões nos Estados Unidos). A Netflix fechou o ano de 2013 com 44 milhões de assinantes. Um ano depois, em setembro de 2014, o serviço já estava disponível em mais de 40 países e 50 milhões de assinaturas, com intenções declaradas de iniciar operações em novos mercados. Em outubro de 2015, 69,17 milhões de assinantes globais foram reportados, incluindo 43 milhões nos Estados Unidos. Em abril de 2016, a Netflix declarou ter 81,6 milhões de assinantes, sendo 47 milhões deles nos Estados Unidos. Encerrando 2016, a Netflix informou ter atingido a marca de 93,8 milhões de assinantes, o que representa um aumento de 7,05 milhões de assinantes apenas nos últimos três meses de 2016.

𝐂𝐨𝐧𝐬𝐨𝐥𝐢𝐝𝐚𝐜̧𝐚̃𝐨

Em 19 de julho de 2010, a Netflix anunciou que lançaria seu serviço de streaming para o Canadá, fazendo assim a primeira expansão no mercado internacional da empresa. Em 22 de setembro de 2010, a Netflix tornou-se disponível no Canadá por US$ 7,99 ao mês, mas com uma seleção bastante limitada. Em 5 de setembro de 2011, ela iniciava suas atividades no Brasil.

A Netflix foi lançada no Reino Unido e na Irlanda em 9 de janeiro de 2012 e nos Países Baixos em 11 de setembro de 2013. Em 15 de agosto de 2012, a empresa anunciou uma nova expansão, implementando seus serviços para a Noruega, Dinamarca, Suécia e Finlândia. O serviço foi lançado em 18 de outubro de 2012. Em agosto de 2013, ao apresentar o relatório trimestral da Netflix, o presidente da empresa, Reed Hastings, destacou o crescimento de assinantes no exterior. E disse que o foco agora é "como crescer internacionalmente, como melhorar o conteúdo", o que levou à decisão de dedicar "todo o lucro" da operação norte-americana aos outros países.

De acordo com a empresa, no terceiro trimestre de 2013, mais de 5 bilhões de horas de conteúdo foram assistidos no serviço, principalmente em televisores.

O serviço fechou o ano de 2013 com um pouco mais de 44 milhões de assinantes globalmente. No último trimestre, o faturamento foi de US$ 1,18 bilhão e o ganho por ação foi de US$ 0,79. No primeiro trimestre do ano, portanto antes do sucesso de suas duas principais webséries originais, House of Cards e Orange Is the New Black, o faturamento foi de US$ 945 milhões e o ganho por ação foi de US$ 0,13, o que mostra a importância do conteúdo original para a empresa.

Nos Estados Unidos, a Netflix conquistou 2,33 milhões de assinantes no trimestre, levando a uma base de 33,42 milhões de assinantes, e já é responsável por 30% do tráfego da Internet no país, segundo alguns estudos. Nos mercados internacionais, a empresa não abre os números por país, juntaram-se à base de 1,74 milhão de novos assinantes, totalizando 10,93 milhões.

A Netflix foi lançada em Portugal em 21 de outubro de 2015. Em 2016, foi lançada em Angola, Moçambique e Cabo Verde.

Com o crescimento da Netflix, diversos outros aplicativos são desenvolvidos para facilitar a experiência do usuário com a ferramenta de vídeos. Um dos principais é o Upflix, aplicação móvel disponível para usuário de 17 países, que informa novos filmes adicionados ao catálogo da Netflix. O aplicativo móvel está disponível para as plataformas iOS e Android.

Em janeiro de 2016, a Netflix superou a marca de 75 milhões de usuários ativos em escala global. No mesmo mês de janeiro, a Netflix passou a estar disponível em mais de 190 países, estando disponível em quase todo o mundo, com exceção da China, região da Crimeia, Coreia do Norte, e Síria.

𝐄𝐱𝐩𝐚𝐧𝐬𝐚̃𝐨 𝐢𝐧𝐭𝐞𝐫𝐧𝐚𝐜𝐢𝐨𝐧𝐚𝐥

2007 - Netflix começa a transmitir por streaming nos Estados Unidos.

2010 - A empresa fez sua primeira entrada em um mercado internacional em 22 de setembro de 2010 no Canadá.

2011 - Netflix expande seu serviço de streaming para a América Latina.

2012 - Netflix inicia sua expansão para a Europa em 2012, iniciando no Reino Unido e na Irlanda em 4 de janeiro. Em 18 de setembro a empresa expandiu para Dinamarca, Finlândia, Noruega e Suécia.

2013 - A empresa decidiu reduzir a expansão para controlar os custos de assinatura. A empresa só expandiu para os Países Baixos.

2014 - Netflix fica disponível na Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Luxemburgo e Suíça.

2015 - Netflix fica disponível na Austrália, Nova Zelândia, Japão, Itália, Portugal e Espanha.

2016 - A Netflix anunciou no Consumer Electronics Show em janeiro de 2016 que ia se tornar disponível em todo o mundo, exceto na China, Síria, Coreia do Norte e na região da Crimeia.

2017 - Em abril de 2017, a Netflix confirmou que chegou a um acordo de licenciamento na China para o conteúdo original da Netflix com a iQiYi, uma plataforma de transmissão de vídeo chinesa, propriedade da Baidu.

Até dezembro de 2017, a Netflix tem versões em 22 idiomas: alemão, árabe, búlgaro, chinês (simplificado e tradicional), coreano, dinamarquês, espanhol (europeu e padrão), finlandês, francês, grego, hebraico, inglês, italiano, japonês, neerlandês, norueguês, polonês, português (brasileiro e europeu), romeno, sueco, tailandês e turco.
Special