giselebundchenx
giselebundchenx

News

✧ 𝗖𝗔𝗥𝗥𝗘𝗜𝗥𝗔 ⧽

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
|𝑆𝑎𝑖𝑏𝑎 𝑚𝑎𝑖𝑠 𝑠𝑜𝑏𝑟𝑒 𝑎 𝑐𝑎𝑟𝑟𝑒𝑖𝑟𝑎 𝑑𝑒 𝐺𝑖𝑠𝑒𝑙𝑒 𝐵𝑢𝑛𝑑𝑐𝘩𝑒𝑛 |
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

━━━━━┒◈ 𝟭𝟵𝟵𝟳-𝟮𝟬𝟬𝟬: 𝗜𝗡𝗜𝗖𝗜𝗢 𝗗𝗘 𝗖𝗔𝗥𝗥𝗘𝗜𝗥𝗔
Bündchen viajou para Londres em 1997, onde fez o teste para 42 desfiles. Ela conseguiu sua grande chance quando foi escolhida por sua habilidade de andar em saltos altos em uma pista escorregadia para o show de primavera "1998" de Alexander McQueen. Fazendo elogios semelhantes para Elle Macpherson uma década antes, McQueen apelidou Bündchen "the Body" (o Corpo), imediatamente aumentando suas reservas. Em 1998, ela posou para as campanhas da Missoni, Chloé, Dolce & Gabana, Valentino, Gianfranco Ferré, Ralph Lauren e Versace. Ela fez a capa da edição francesa da Vogue, e a revista de moda i-D apresentou-a em sua capa, escrevendo "A Girl Called Gisele" (Uma garota chamada Gisele). A enciclopédia online de modelos da Vogue afirma: "Com a aproximação do ano 2000, Gisele Bündchen foi a modelo mais sexy do mundo, abrindo uma nova categoria no imaginário popular: a bomba brasileira".

Ela apareceu na capa da Vogue em julho, novembro e dezembro de 1999. Ela ganhou o VH1/Vogue Model of the Year de 1999, e uma capa de janeiro de 2000 deu a ela três capas consecutivas da Vogue. Em 2000, ela se tornou a quarta modelo a aparecer na capa da revista de música Rolling Stone sendo nomeada "A garota mais bonita do mundo". Bündchen apareceu nas capas de muitas revistas de moda, incluindoW, Harper's Bazaar, Elle, Allure, assim como publicações de estilo e estilo de vida comoThe Face, Arena, Citizen K, Flair, GQ, Esquire, e Marie Claire,, e no Calendário Pirelli em 2001 e 2006. Ela também foi vista na TIME, Vanity Fair, Forbes, Newsweek, e Veja. Bündchen apareceu em mais de 1.200 capas de revistas em todo o mundo. Ela participou simultaneamente das capas das edições americana e britânica da Vogue em janeiro de 2000.

━━━━━┒◈ 𝟮𝟬𝟬𝟬-𝟬𝟵: 𝗠𝗢𝗗𝗘𝗟𝗔𝗚𝗘𝗠 𝗗𝗘 𝗘𝗦𝗧𝗥𝗘𝗜𝗔 𝗜𝗡𝗢𝗩𝗔𝗗𝗢𝗥𝗔 𝗘 𝗔𝗧𝗨𝗔𝗡𝗧𝗘
Bündchen apareceu nas capas de Mario de Janeiro de Mario Testino e em uma retrospectiva de Russell James. Também naquele ano a Time disse que ela era "uma das poucas modelos de passarela que homens heterossexuais sabem o nome". Para a semana de moda da primavera de 2000, ela abriu as apresentações de Marc Jacobs, Michael Kors, Dolce & Gabbana, Christian Dior e Valentino em Nova York, Milão e Paris. De 1998 a 2003, Bündchen esteve em todas as campanhas de moda da Dolce & Gabbana, totalizando 11 campanhas consecutivas com a marca. Em 2006-2009, ela voltou como o rosto da fragrância da marca, em uma campanha intitulada "Dolce & Gabbana The One".

Em 2000, Bündchen usou o sutiã Victoria's Secret Fantasy mais caro de todos os tempos, o "Red Hot Fantasy Bra", avaliado em US $ 15 milhões e listado no Guinness World Records como a lingerie mais cara já criada. Em fevereiro de 2001, ela estrelou a campanha publicitária Got Milk? que estreou na Sports Illustrated Swimsuit Issue em 2001. Fotografada por Steven Meisel, ela foi apresentada na capa da Vogue americana em setembro de 2004 como uma das "Modelos do Momento". Em 2004, Bündchen co-estrelou com Queen Latifah e Jimmy Fallon no remake Taxi de 2004. Em 2005, ela foi escolhida para usar novamente o sutiã Victoria's Secret Fantasy, o Sexy Splendor Fantasy Bra. Na época, era o segundo sutiã mais caro já produzido, avaliado em US $ 12,5 milhões. Em sua edição de dezembro de 2005, a revista New York listou Bundchen no número 43 em sua lista de 123 razões para amar a cidade de Nova York. Em 2006, ela interpretou Serena, uma personagem secundária em O Diabo Veste Prada. Em fevereiro de 2007, Bündchen retornou para as passarelas de Milão, abrindo a apresentação da Dolce & Gabbana. Ela foi escolhida pela revista Time em 2007 como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Em setembro de 2007, Bündchen foi destaque na capa da Vanity Fair, fotografada por Mario Testino. A questão foi um dos mais-bem sucedidos comercialmente naquele ano.

━━━━━┒◈ 𝟮𝟬𝟬𝟵-𝟭𝟭: 𝗖𝗢𝗡𝗦𝗢𝗟𝗜𝗗𝗔𝗖̧𝗔𝗢
Em 26 de agosto de 2008, Bündchen foi listada pelo New York Daily News, como a quarta pessoa mais poderosa do mundo da moda. Em 11 de abril de 2008, uma foto de Bündchen em preto-e-branco feita por Irving Penn, foi leiloada por US $ 193.000 (£ 96.000). A foto foi uma das dezenas da coleção de Gert Elfering que foram vendidas na Christie's Internacional em Nova York. A foto de Bündchen foi vendida pelo preço mais alto. Em 12 de maio de 2009, o The Independent a chamou de "a maior estrela da história da moda". Quando ela reapareceu na capa da Vanity Fair em 2009, a edição tornou-se a mais vendida da revista em quase dois anos. Em 2009, a Harper's Bazaar classificou-a entre as 26 melhores modelos de todos os tempos. Em dezembro de 2009, ela apareceu ao lado de seu marido Tom Brady na capa do livro The World in Vogue—People, Parties, Places.

Em 2010, ela apareceu na lista dos melhores-vestidos-da-década pela Vogue por suas aparições no Met Gala de 2008 e 2009, aparecendo com uma longa tatuagem e um de biquíni em um editorial de moda em 2000. Em abril de 2010, ela foi fotografada para a capa da Vogue americana pela décima primeira vez. Em setembro de 2010, ela liderou um grupo de top models no desfile da Noite de moda de da Vogue, no Lincoln Center, em Nova York. Ela então fez uma aparição surpresa na passarela da Balenciaga, encerrando o show. Em 2011 ela participou do Carnaval do Rio de Janeiro, representando a Pantene. Ela ficou em primeiro lugar na models.com, na lista Meninas com Dinheiro e em segundo na lista As Modelos Mais Sexy. Em 2011, a CEOWorld Magazine classificou-a entre as artistas femininas mais bem-sucedidas. Ela foi classificada no número 95 entre as 100 Mulheres Mais Sexys do Mundo da revista FHM 2011. Em 2007, Bündchen foi nomeada "A supermodelo mais rica do mundo".

A partir de 2010, Bündchen apareceu em duas capas de edição da Vogue Shape, mais do que qualquer outra celebridade ou modelo. Ela ficou em 45º lugar na lista de "100 mulheres mais sexy do mundo" de 2011 da FHM na Austrália. Em 2011, a Men's Health nomeou-a como uma das "100 Mulheres Mais Sexys de Todos os Tempos", classificando-a no 25° lugar. Em outubro de 2011, Bündchen fez uma aparição surpresa durante o Paris Fashion Week, fechando a Givenchy.[58] Em 2011, ela participou do carnaval do Rio de Janeiro, representando a Pantene no desfile. Em 2011, ela apareceu em oito capas da Vogue, mais do que qualquer outro modelo ou celebridade naquele ano. Sua edição de julho da revista Vogue Brasil na Amazon foi a mais vendida da revista, vendendo 70.743 cópias. O recorde foi posteriormente quebrado pela modelo Karolína Kurková, que apareceu na edição de novembro de 2011, vendendo 70.991 cópias.

━━━━━┒◈ 𝟮𝟬𝟭𝟮-𝗣𝗥𝗘𝗦𝗘𝗡𝗧𝗘: 𝗖𝗔𝗠𝗣𝗔𝗡𝗛𝗔𝗦 𝗗𝗘 𝗠𝗢𝗗𝗘𝗟𝗔𝗚𝗘𝗠 𝗘 𝗘𝗠𝗣𝗥𝗘𝗘𝗡𝗗𝗜𝗠𝗘𝗡𝗧𝗢𝗦 𝗠𝗨𝗦𝗜𝗖𝗔𝗜𝗦
Na primavera de 2012, Bündchen ganhou três grandes campanhas de primavera: Versace, Givenchy e Salvatore Ferragamo. No início de 2012, foi anunciado que ela seria o rosto da primeira campanha publicitária do Banco do Brasil, com o slogan "Banco do Brasil. Do Brasil para o mundo. Do mundo para o Brasil". Em abril de 2012, a Time a listou em sua lista dos 100 Ícones da Moda Todos os tempos, mais influentes desde 1923. Em agosto de 2012, em homenagem aos 120 anos da Vogue, a revista destacou as dez mulheres que mais apareceram na capa da revista, Bündchen esteve na lista com 11 capas no total. Em 2011, havia 29 pessoas que apareceram nas capas da Vogue, italiana, francesa, americana e britânica; Bündchen foi uma delas.

Em 2012, ela recusou o convite do Comitê Olímpico Brasileiro, o COB, para participar do desfile de encerramento ao lado de outras estrelas nacionais como Marisa Monte e Seu Jorge. Em 2012, ela fez 5.600 aparições em comerciais no Brasil. Em agosto de 2012, foi relatado que ela havia substituído Kate Moss como o rosto de David Yurman. Ela foi fotografada pelo famoso fotógrafo Peter Lindbergh para a campanha do outono de 2012. A partir do final de 2012, ela apareceu em 120 capas da Vogue. Ela também detém o recorde de mais capas da Vogue brasileira de todos os tempos.

Em fevereiro de 2013, foi anunciado que ela havia se tornado o rosto da nova linha de maquiagem da Chanel, Les Beiges, uma campanha que foi filmada por Mario Testino. Esta foi sua primeira vez como porta-voz da marca. Para a campanha primavera/verão 2014 da marca, Marc Jacobs escolheu Bündchen juntamente com Catherine Deneuve, Sofia Coppola, Fan Bingbing, Caroline de Maigret e Edie Campbell e Edie Campbell como suas musas para sua última coleção para a Louis Vuitton. Em dezembro de 2013, Bündchen foi anunciada como a mais nova embaixadora da Pantene norte-americana.

Em 2014, Bündchen e o produtor musical e DJ francês Bob Sinclar, gravaram uma versão cover de "Heart of Glass" do Blondie, para H&M Ela foi creditada por seu monônimo Gisele. A nova versão se tornou um sucesso internacional em um grande número de paradas de sucesso da Europa, incluindo França, Alemanha, Espanha, Áustria e Bélgica. A canção foi o single de caridade de Bündchen para a campanha H&M de 2014. Um ano antes, ela lançou uma versão cover de "All Day and All of the Night" de the Kinks, como sua contribuição para a campanha de caridade H&M 2013.

Em maio de 2014, Bündchen foi escolhida como a nova porta-voz da icônica fragrância Chanel Nº 5. Ela foi escolhida por sua "beleza natural e feminilidade moderna", segundo a empresa. Em junho, Bündchen apareceu em 17 diferentes edições internacionais da Elle nos últimos três meses, incluindo as edições brasileira, alemã, italiana, canadense, japonesa e chinesa. Em setembro de 2014, a empresa Under Armour, sediada em Baltimore, assinou com Bündchen um acordo plurianual como a mais recente adição à sua lista de endossantes do sexo feminino. Em outubro de 2014, Bündchen declarou ser praticante da Meditação Transcendental. Até o final de 2014, Bündchen apareceu em 6.013 comerciais de televisão ao longo de um ano no Brasil. Mais do que qualquer outra celebridade brasileira, superando Neymar, que fez 5.625 comerciais de TV.

Bündchen foi destaque no livro Guinness World Records em 2015, como o modelo que ganha mais dinheiro a cada ano. O livro Taschen de Bündchen, lançado em comemoração à sua carreira de 20 anos, esgotou em um dia, antes de chegar às prateleiras. Em 2015, Bündchen novamente foi a celebridade brasileira que mais apareceu nos comerciais de TV no Brasil, com 8527 comerciais para marcas como; (Carolina Herrera, Colcci, P&G e Sky). A partir de 2015, em 20 anos, Bündchen apareceu em mais de 550 campanhas publicitárias, capas de revistas de 2000, 3500 editoriais de revistas e 800 desfiles de moda. Posteriormente anunciou o encerramento de sua carreira nas passarelas, seu último desfile foi realizado no dia 5 de agosto de 2016, no famoso Estádio do Maracanã durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro.
━━━━━━━━━━━━━━━━━━-┒◈ 𝗠┇ 𝔾-𝔹-𝕏 ◈ ┎-━━━━━━━━━━━━━━━━━━