fan_pitty

Notícias

Entrevista com Léo Leone

Fraguimento do site PITTYSTOP
(Terça-feira, 30 de Junho de 2009)
Edição 1 - Entrevista: Léo Leone (irmão da pitty)

Lau Souza / Zeh Alsanne

Já faz um tempo que conhecemos o Léo, através do Família MTV (reality show que mostrou um pouco da vida pessoal de Pitty) em 2004. Na época ele tinha 16 anos e levava uns “puxões de orelha da irmã”. Hoje, cinco anos depois, Léo Leone também decidiu trabalhar com música, só que em outro ramo. Atualmente ele faz parte da equipe de produção da banda Anacê.

ADM- Como foi sua primeira experiência no ramo de produção?

LL- Minha primeira experiência foi quando eu fiz assistência de produção do contratante do show do Angra em Salvador-BA no começo de 2005. Foi de cara um show grande, pra 5 mil pessoas e eu tomei gosto pelo ramo.

ADM- Você pretende estudar no exterior, o que pretende absorver de lá para trabalhar no Brasil?
LL- Lá eu pretendo aprender coisas técnicas mesmo pra poder colocar em prática o que está na minha cabeça. Muitas vezes eu penso em alguma coisa, mas não consigo colocar em prática por limitações técnicas. Quero aprender isso lá e voltar a trabalhar aqui no Brasil como produtor musical.

ADM- Quais são os seus produtores (e os produzidos) favoritos no Brasil e no exterior?
LL- No Brasil, fiquei muito bem impressionado com o trabalho que o Mário Caldato tem feito com o Marcelo D2, e com Vanessa da Mata. Ele trabalhou 2 artistas que cantam em português, mas deixou o som que dá certo tanto no Brasil quanto no exterior. Dos produtores gringos, o Guy Chambers (Robbie Williams) me agrada muito.

ADM- Quais foram as bandas que levaram você a ter certeza que gostaria de trabalhar com musica?
LL- Acho que não foi uma banda ou outra. Hoje eu tenho a felicidade de dizer que escuto de tudo, tudo mesmo. Antes eu era meio bitolado em apenas um estilo musical e tinha a cabeça bastante fechada. Essa fase ficou pra trás e acho que o que me fez querer trabalhar com música foi o gosto que eu tenho pelo ramo.

ADM- Existe uma rotulagem nos estilos?
LL- Com certeza. A rotulagem e o pré-conceito musical ainda são barreiras a serem quebradas.

ADM- O que você acha do estilo de música que a Pitty faz? Curte as letras? Qual o CD prefere e qual música?
LL- Acho bem legal! Sempre gostei de Rock e acho a forma que ela expõe as suas idéias muito inteligentes, principalmente no segundo CD. É difícil falar qual a melhor música mas gosto bastante de Deja Vu.

ADM- Até que ponto ser irmão da Pitty ajuda e até que ponto atrapalha?
LL- Muitas portas se abrem, mas ao mesmo tempo é criada uma expectativa grande. Outra coisa que atrapalha, é que confundem as coisas. Acham que eu tenho que gostar exatamente as mesmas coisas que ela curte, pensar como ela pensa, etc...

ADM- A Pitty é reconhecida hoje como a maior artista brasileira do rock de sua geração. O que você pensa sobre isso como uma pessoa bem próxima a ela?
LL- Sei que o trabalho não acaba quando a banda fica conhecida. Pra manter o trabalho estável tem que continuar ralando e estar bem assessorado.

ADM- Como foi pra você quando ela começou a ter sucesso na música?
LL- Eu não tinha noção do que iria acontecer. De repente a gente escutava uma música na rádio, ou assistia o clip na TV etc... mas ainda era uma idéia muito vaga da carreira da banda.

ADM- O que você está escutando ultimamente?
LL- Escuto absolutamente de tudo. Alguns dias revejo todos os vídeos dos Beatles que tenho no computador, outros dias ouço música italiana, folk music, etc... Recentemente,tenho escutado muito Chico Buarque e um cantor e compositor inglês chamado Jack Savoretti. Eu curto muito letras que falam em tom poético. Banda brasileira, tem uma que sou extremamente viciado que é o Cascadura.

ADM- Deixe um recado para os leitores do Além do Muro.
LL- Um recado, seria uma "dica" hehe! Quebrem os pré-conceitos ao escutar um tipo de som novo. Não importa se dizem que é rock, pop, bossa, reggae...

Nome completo: Luiz Leonardo Novaes Leone
Signo: Sagitário
Ídolo: Steve Jobs
Livro: Assassinato no Expresso do Oriente (Aghata Christie)
Filme: Antes de Partir.
Ator: Wagner Moura (não é só por Tropa de Elite), Clint Eastwood.
Atriz: Camila Pitanga, Angelina Jolie
Superstição: Não tenho nenhuma
Hobby: Futebol
Televisão: 15 minutos