estrellas
estrellas
News

Nicole Scherzinger

Nicole Scherzinger nasceu no dia 29 de junho de 1978. Além de dançar e cantar ela também já foi atriz. Atualmente ela é a líder das Pussycat Dolls sob o nome de Nicole Kea nos Palcos.



Ela nasceu em Honolulum, Hawaii, mas cresceu em Louisville, Kentucky.

Nicole é o que a indústria de entretenimento gosta de chamar de “tripla ameaça”. É um espírito livre artístico, não é só mais um rostinho bonito; ela pode cantar, atuar e dançar.



Desde pequena ela assiste sua família fazendo shows, estrelando sua mãe, a líder dançarina de hula e sua avó Tutu, a cantora, para turistas na Polinésia.

Quando tinha seis anos sua família se mudou, devido a transferência do seu pai que era do exército, para Louisville, Kentucky. Nesta transição de sua vida, Nicole teria um novo desafio. “Foi difícil no começo por que eu não parecia como todo mundo.” Ela lembra que se sentia como “o patinho feio”.



O tempo se passou e Nicole frequentava espetáculos de artes infantis e juvenis no colegial. Com 14 anos ela teve o privilégio de atuar profissionalmente no teatro de Louisville.



Enquanto freqüentava a Universidade “Wright State” em Dayton – Ohio. Ela especializou-se “Major” em Teatro e “Minor” em dança. (Nos Estados Unidos você especializa-se Major em uma coisa, ou seja com mais ênfase e Minor em outra, com menos incidência.) Ela Alcançou por mérito papéis principais em musicais, tais como Velma Kelly em “Chicago” e Julie LaVerne em “Show Boat”. Por três anos ela se sustentava com trabalhos de modelo para agências locais.



Nicole ficou sabendo que uma banda de rock “Day of The New” estava procurando uma vocalista mulher. Depois de ouvir as demos da banda, resolveu gravar com o cantor principal, Travis Meeks, algumas demos e depois voltou para a faculdade. Mas o produtor da banda, Scott Litt a chamou para Los Angeles, onde ela gravou o segundo álbum da banda e logo após saiu em turnê com eles. Ela abandonou a faculdade para fazer essa turnê.



Depois da turnê ela retornou para casa para trabalhar em músicas próprias. Entretanto estava rolando uma etapa em Chicago para selecionar cantores para o programa de tv “Popstar” do canal Warner Bros. Ela teve que se apresentar muito cedo às 5 horas da manhã, mas ela foi recompensada por isso. Nicole foi uma das finalistas.

Eden’s Crush, o grupo de garotas formado no programa, se tornou uma sensação nos Estados Unidos. Seu álbum de estréia foi Top 10 e o single “Get Over Yourself” #1 na Billboard’s singles mais ouvidos. A banda ainda fez uma turnê junto com o N’sync e Jéssica Simpson.



Depois do fim do Eden’s Crush, Nicole explorou as oportunidades no mundo de atrizes. Voltando para Los Angeles ela fez alguns papéis secundários em alguns filmes como “Chasing Papi” como Miss Porto Rico e também no seriado “My Wife and Kids” como uma super modelo. Em 2003, a garota que era sua parceira de quarto a disse que havia uma seleção para o grupo The pussycat Dolls. Nicole ainda perguntou: O que é isso? Ela disse que era um projeto que envolvia Jimmy Iovine, da Interscope Records, e Ron Fair, presidente da A&M. Ela teve uma longa audição com os executivos, pois ela estava determinada a conseguir essa oportunidade. Não ainda contente resolveu soltar a voz para ambos e imediatamente eles começaram a discutir sobre se ela seria a cantora principal. E foi assim que Nicole entrou para o grupo.



“As Pussycat Dolls não tem limites; não é somente um grupo de cozinheiras e custureiras”, disse Nicole que é a única integrante que também escreve composições musicais para o grupo. “Nós estamos descobrindo a nós mesmas, em nossos shows, fazendo algo sincero para cada uma de nós. Eu reconheço cada movimento.”

Special