emmyrossum
emmyrossum

badge

News

─⧼ Ⓒ𝖺𝗋𝗋𝖾𝗂𝗋𝖺

Em 1997, fez sua estreia na televisão na novela As The World Turns. Mais tarde naquele ano, fez uma participação na série Law & Order, e no ano seguinte apareceu em dois filmes e uma minissérie. Rossum recebeu uma indicação para o Young Artist Award em 1999 na categoria "Melhor Performance num filme de televisão", pelo filme Genius, seguido pelo papel de jovem Audrey Hepburn no filme da ABC, The Audrey Hepburn Story (2000). Emmy fez sua estreia na telona como a órfã Deladis em Songcatcher, que estreou no Sundance Film Festival, ganhando o "Special Jury Award for Outstanding Ensemble Performance". Emmy também recebeu uma nominação no Independent Spirit Award, na categoria "Melhor Performance de Estréia", e faz um dueto com Dolly Parton na trilha sonora de Songcatcher.

Emmy pode ser vista em grandes filmes de Hollywood, como Sobre Meninos e Lobos, num papel coadjuvante, interpretando a filha assassinada de Sean Penn, O Dia Depois de Amanhã, ao lado de Dennis Quaid e Jake Gyllenhaal. Mas sua grande oportunidade apareceu quando ela ganhou o papel de Christine Daaé, na adaptação cinematográfica do musical de Andrew Lloyd Weber, O Fantasma da Ópera.
Em 2007 assinou um contrato com a gravadora Geffen Records e lançou o disco chamado Inside Out, cujas músicas foram compostas por ela mesma. A última canção, intitulada "Anymore", tem uma forte ligação com sua vida pessoal. Trata-se de quando sua mãe estava grávida e seus pais se separaram, consequentemente fazendo com que Emmy visse seu pai apenas duas vezes ao longo de sua vida.

Foi confirmada sua presença no papel de Bulma Briefs no longa Dragonball Evolution, que foi lançado em 10 de abril de 2009, no qual definiu como um dos "mais desafiadores personagens" de sua vida, já que aprendeu a andar de motocicleta, e a ser mais "durona", aprender a atirar, diferentemente do que é na vida real. Outro fator que o levou a esse comentário, segundo a própria é a responsabilidade de fazer uma adaptação de um desenho que vendeu mais de 50 milhões de cópias de mangás.
Special