dulceamargo
dulceamargo

badge badge

News

● Biografia

Dulce María Espinosa Saviñon nasceu em 6 de dezembro de 1985, pelo signo de sagitário, na Cidade do México (México). Seus pais, Blanca e Fernando, tiveram duas filhas antes de Dulce, Blanca Ireri e Claudia Espinosa.

Sua carreira começou cedo, fazendo comerciais de televisão. Com 8 anos de idade participou do programa infantil “Plaza Sésamo“, pouco tempo depois se juntou à “El Club de Gaby“, fazendo também alguns quadros para o canal a cabo Discovery Kids.

Em 1996, Dulce iniciou sua carreira como cantora com o grupo infantil Kids, que se tornou conhecido com “La Mejor de tus Sonrisas” e “Prende el Switch“. Se separando do grupo em 1999, tentou voltar ao mundo da música ao lado de seu então namorado Daniel Habif, também ex-membro do grupo. Juntos, fizeram um projeto chamado D&D no qual gravaram 5 faixas que por razões desconhecidas, nunca foi terminado.

No ano de 2000, integrou ao grupo Jeans em um grande evento no El Palacio de Los Desportes. Com o grupo, viajou pela Europa e gravou o disco ‘3:45 (Cuarto para las Cuatro)‘, com o single “Nadie Me Entiende” e outros sucessos como “Entre Azul y Buenas Noches“, “Azul” e “Corazón Confidente“.

Como atriz, Dulce participou de várias novelas, mas foi em 2003 que o produtor Pedro Damián a apresentou em seu primeiro papel como protagonista, na telenovela “Clase 406“, onde interpretou ‘Marcela‘. Após o fim da novela, o mesmo produtor a convidou para ser uma das protagonistas do que seria o começo do seu sucesso mundial, a telenovela “Rebelde“. No papel de ‘Roberta Pardo‘, uniu-se à Anahí, Maite Perroni, Alfonso Herrera, Christian Chávez e Christopher Uckermann e formou a banda RBD, que saiu da novela para a vida real, atingindo um sucesso extraordinário, fazendo shows em vários países.

Em 2007, o grupo apresentou a série “RBD: La Família“, na qual Dulce María estreou como compositora, escrevendo o tema oficial da série intitulado “Quiero Poder“. Anos depois, atuou na novela “Verano de Amor” como a protagonista ‘Miranda‘, gravando os temas oficiais de abertura: “El Verano” na primeira temporada e “Déjame Ser” na segunda.

No mesmo ano, Dulce se lançou como escritora, publicando seu primeiro livro “Dulce Amargo“, com suas ideias, poemas e músicas, além de desenhos.

Com o RBD, viveu apenas quatro anos de sua carreira, com mais de 28 milhões de cópias vendidas de seus álbuns. No dia 15 de agosto de 2008, um comunicado oficial iniciou a turnê de despedida e também o fim do grupo, deixando fãs de todo o mundo chocados, movendo inclusive passeatas com o intuito de impedirem o fim. A ‘Turnê do Adeus‘ acabou em dezembro de 2008. No início do ano seguinte, foi lançado o último CD intitulado “Para Olvidarte de Mi“, com 13 músicas inéditas. As carreiras solo dos integrantes começaram, sem uma divulgação desse último disco.

No final de 2009, após mudar o visual que levava durante 5 anos, de ruiva para morena, Dulce María se focou em compor e ouvir músicas de outros compositores, e no início de 2010 começou a gravação de seu primeiro disco solo intitulado “Extranjera“, que foi dividido em duas partes. A primeira, lançada em 09 de novembro de 2010, e a segunda, em 14 de junho de 2011. Dulce postou demos pelo seu canal oficial no YouTube, interagindo com seus fãs, preparando cuidadosamente cada detalhe deste que seria um grande salto em sua carreira, seu debute solista. A primeira parte contém sete faixas: “Inevitable”, “Luna”, “No Se Parece”, “Vacaciones”, “Ingenua”, “El Hechizo” e “Extranjera”. A segunda parte contém todas as músicas da primeira e outras faixas inéditas: “Irremediablemente“, “Ya No“, “Lo Intentaré“, “Dicen“, “Pensando en Ti“, “24/7“, “Quién Serás?“, “Ingenua” (Português), “Extranjera” (Português). Além de acompanhar um DVD acústico “Live From El Lunário Mexico” e conteúdo de “por trás das cenas”.

Dulce também deu início a seu projeto ‘Dulce Amanecer‘, que trata de uma fundação criada por ela para várias causas, desde crianças carentes, mulheres indígenas, causas ambientalistas e etc. utilizando objetos próprios dela, fazendo rifas para arrecadar fundos visando uma base para a fundação. O projeto tem recebido apoio de fãs e pessoas de diversos países e tem conseguido resultados satisfatórios.

No cinema, Dulce atuou no curta-metragem “Quimera” e “Inesperado Amor“, contracenando ao lado de sua companheira de banda, Anahí. Sua voz também esteve presente no filme “El Agente 00-P2” (animação), dublando a personagem ‘Molly Cacatu‘. Em 2010, Dulce obteve sucesso no cinema, protagonizando o filme ”¿Alguien ha visto a Lupita?“, de Gonzalo Justiniano. No papel de ‘Lupita‘, uma garota mexicana que decide mostrar ao mundo que ser jovem e romântica não é um perigo, substitui a falta de carinho e o preconceito por ser diferente com uma imaginação transbordante que converte sua existência em uma espécie de fábula. Sua forma de ser, convida as pessoas que a rodeiam a pensar que as coisas também podem ser de outra maneira. Dulce confessou em entrevista que chorou enquanto lia seu personagem, já que se tratava de uma menina sonhadora e muito solitária, ainda que tivesse muitas pessoas ao seu redor. “Assim como ela própria”, afirmou. Um filme chileno com raízes mexicanas, um grande filme com uma comovente história.

Voltando à televisão, participou da terceira temporada do seriado “Mujeres Asesinas“, sucesso principalmente no México e Estados Unidos. Uma série de grande repercussão, onde grandes atrizes tiveram o privilégio de atuar e ser uma “assassina”. Dulce María interpretou ‘Eliana‘, um personagem misterioso, já que se mostra doce e sensual ao mesmo tempo. Casada, é com a irmã do marido que comete loucuras em um caso lésbico. E um assassinato. Um forte papel para uma atriz tão jovem, Dulce soube da grande responsabilidade que foi interpretá-lo, mas diz que é um amadurecimento em sua carreira como atriz. O capítulo de “Eliana Cuñada” foi ao ar no segundo semestre de 2011.

Dulce realizou também uma turnê mundial em 2011, para promover o seu disco solo, que foi a primeira posição do TOP 100 – México. A turnê passou pelos EUA, Europa e praticamente toda a América Latina, obtendo sucessos e recordes por onde passava.

No Brasil, realizou shows em maio do mesmo ano. As cidades brasileiras que receberam Dulce foram Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Pouco tempo depois, voltou ao Brasil para apenas gravar o programa “Altas Horas” da Rede Globo.

No segundo semestre, Dulce participou do “MTV World Stage México 2011” ao lado do integrante do Jonas Brothers, Joe Jonas, apresentando um dueto com a música “See No More” do mesmo.

Dulce também foi convidada para os eventos do canal Nickelodeon, onde participou do “Kids Choice Awards México“, “Kids Choice Awards Argentina” e “Meus Prêmios Nick Brasil“, se apresentando e recebendo prêmios, dentre eles o Disco de Platina no Brasil, por suas mais de 40 mil cópias vendidas do CD Extranjera.

Em 2012, Dulce María começou a produção do seu novo disco, além de realizar participações especiais na série “Miss XV” e no remake da novela “Rebelde” do Brasil. Dulce gravou a música tema da novela “Último Año” da MTV, no qual gravou um videoclipe que foi sucesso no mundo todo.

Também foi cogitado um Reality Show próprio, intitulado “The Dulce María Show“, mas que infelizmente não vingou.

Ainda em 2012, Dulce participou de várias campanhas beneficentes como contra o câncer de mama no México (Campanha ‘Tócate‘) e por um México melhor (Campanha ‘En Nuestras Manos‘). Deu continuidade à ‘Extranjera On Tour‘ que teve sua última apresentação em São Paulo, no mês de dezembro e assim finalizou a ‘Era Extranjera’.

Com os singles “Inevitable“, “Ya No“, “Ingenua” e “Es Un Drama” alcançou vários TOP’s pelo mundo, paradas musicais na TV e conquistou vários prêmios internacionais.

Em 2013, Dulce gravou as faixas de seu novo disco. Seu primeiro single foi lançado em agosto, intitulado ‘Lágrimas‘, é um dueto com o cantor mexicano Julión Álvarez, e ambos estão trabalhando na divulgação do mesmo. Antes Que Ver El Sol, é o segundo single do disco Sin Fronteras que foi lançado em 8 de Abril de 2014. Em Maio, Dulce realizou um showcase privado para a apresentação do disco no espaço Lunario, localizado em México D.F, foi nessa apresentação que ela divulgou qual música seria o terceiro single do disco: A escolhida foi “O Lo Haces Tú O Lo Hago Yo”, que teve seu videoclipe lançado em Setembro.

Em Agosto, Dulce María iniciou a os ensaios do seu primeiro musical: Rock Of Ages, onde ela interpretou a protagonista “Sherrie” e cantou grandes clássicos oitenteiros, como “More Than Words” e “Don’t Stop Believin”. O musical foi teve sua estréia no dia 24 de Outubro.

Já em Setembro, Dulce iniciou sua turnê titulada Sin Fronteras World Tour, que passou pela cidade de Málaga, na Espanha, e por 7 cidades brasileiras: Porto Alegre e São Paulo com a On Tour, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, Belo Horizonte e Curitiba com a On Intimate Tour. Na Espanha, Dulce gravou cenas para o videoclipe de “No Regresas Más”, música em parceria com o cantor Henry Mendez, o dueto rendeu boas posições em vários charts de rádios e vendas em vários países. No mesmo mês começou a trabalhar como capitã de uma equipe de jovens cantores do reality musical Va Por Ti, apesar de ter perdido um desafio e ter saído do programa faltando apenas dois episódios para o seu fim, a grande ganhadora do concurso foi Yazaira Lopez, originalmente do Team Dulce, e o terceiro colocado foi Jose Henrique Poyato, também do Team Dulce.

Também nesse ano Dulce María foi indicada ao Europe MTV Awards, sendo a primeira mexicana que participou dessa premiação. Felizmente, a ruiva levou a categoria Mejor Artista Latin America Norte, e representou a América Latina na categoria Worldwide Act. A segunda versão do livro “Dulce Amargo” foi lançada em 2014, tanto na versão digital como na física. O livro ficou em #1 entre os mais vendidos do México, em #10 no Brasil e também #1 no UK. O livro também foi lançado na maior feira de livros da América Latina, que ocorreu em Guadalajara.

Já nos cinemas, Quiero Ser Fiel foi lançado em vários países, ficando 10 semanas em cartaz na República Dominicana, entre os #10 mais assistidos do México, mesmo sendo o primeiro filme dominicano a chegar nos cinemas do país, e o #11 mais assistido da Colômbia. Além disso, o filme foi indicado à premiação Diosa de Plata, uma importante premiação para o cinema latino americano.

Em 2015, Dulce María continuou com as apresentações de Rock Of Ages, que ganhou como Melhor Musical de Rock pela APT (Agrupación de Periodistas Teatrales), e iniciou a segunda parte da sua turnê, que passou pelas cidades de Puebla, São Paulo, Buenos Aires e Madrid. Dulce também ganhou a categoria Mejor Artista Latina do Kids Choice Awards USA e a categoria Mejor Firma y/o Showcase do Fans Choice Awards Mexico.

Dulce também iniciou a campanha PETA, que tem como objetivo conscientizar sobre os maus tratos que os animais sofrem no circo. Foi a #16 mulher mais influente do twitter e também gravou a música “Pon El Alma En El Juego” em parceria com os cantores D-niss, Luciano Pereyra, Sam Alves, Cali e Dandee, a canção foi um especial para a Copa America 2015.

Atualmente, Dulce está se preparando para a gravação do terceiro disco solo e de dois novos filmes.
Special