doramasbrl

News

↘𝓣𝓱𝓮 𝓑𝓮𝓼𝓽 𝓐𝓫𝓾𝓽↗

Doramas: Coreanos (kdramas)
Possui principalmente o formato de minissérie, com características distintas que o diferencia das séries de televisão e das telenovelas feitas no ocidente, sendo contudo semelhante aos dramas televisivos realizados por outros países da Ásia. Os dramas coreanos possuem um estilo e linguagem de direção distintos, e em sua maioria, terão apenas uma temporada, com uma média de 12 a 24 episódios. Contudo, os dramas do tipo histórico (chamado de sageuk) podem ser mais longos, com um número de episódios que podem variar entre 50 a 200 episódios, mas também possuem apenas uma temporada. A duração dos episódios varia de 45 a 50 minutos. As continuações são extremamente raras, embora aconteçam, e isso às vezes quebra o coração de pessoas acostumadas com séries e que queriam ver mais dos personagens. Embora o Japão tenha criado esse novo formato audiovisual, na minha opinião os coreanos possuem os doramas mais bem produzidos, em relação aos efeitos especiais, as histórias contadas e as técnicas de filmagem. As técnicas de filmagem e os efeitos especiais podem ser considerados uma consequência da relação da Coréia do Sul com os Estados Unidos. Ainda sobre os doramas coreanos, ou k-dramas como os próprios coreanos gostem que os chamemos, é importante dizer que uma das características principais é a existência de “Plot twist”, que são essas reviravoltas inesperadas nas histórias. Os coreanos não só sabem mexer com as emoções do público, como gostam dessas produções exatamente por isso. Para nós, ocidentais, esse dramatismo às vezes parece até excessivo, mas quanto mais você vê, mais fácil fica se apaixonar. (Lembra novela mexicana, só que melhor trabalhada, o dramalhão é BEM MAIOR: Quando você acha que o(a) protagonista já sofreu tudo o que tinha para sofrer, no finalzinho ele(a) sofre mais um pouco… e um pouquinho mais… e mais… e mais… e aí você já está entregue aos soluços). Outra característica é a trilha-sonora dos doramas, chamadas de OSTs (Original Soundtrack), que são muito importantes nas cenas. São elas que vão dar o tom na hora da emoção. Por isso, as músicas são todas originais. A maioria escrita já pensando em um personagem específico ou no dorama como um todo. E grande parte delas são gravadas por artistas famosos, grupos de k-pop (música pop coreana) ou, até mesmo, pelos atores do dorama. A maioria dos doramas possui pelo menos um ator que também faz parte de um grupo de k-pop. Isso atrai muita atenção do público, já que a Coréia é dominada pelo k-pop. Assim, as OSTs podem ter alguma música dele(a) ou de seu grupo favorito.
Os k-dramas são geralmente um pouco mais conservadores, têm romances mais infantilizados e inocentes, o que de forma alguma deixa a desejar nas histórias. É muito raro ver um “beijão ” ou grandes demonstrações públicas de afeto entre os casais. É tudo muito puritano e respeitoso. Com raríssimas exceções, tudo é muito meigo, até mesmo aqueles que possuem uma história mais voltada para a ação e violência… Você pode notar com o tempo algumas expressões comuns da Coréia como “oppa, kamashamida, noona, unnie” que são usadas para os tratamentos respeitosos à certos tipos de pessoas mais velhas, à quem tem admiração, etc…
Special