queenb

News

◇ Imagem pública

◇ Beyoncé tem muitas estátuas de cera diferentes, incluído uma no museu Madame Tussauds. Tina Knowles lançou em 2002 um livro intitulado Destiny's Style: Bootylicious Fashion, Beauty and Lifestyle Secrets From Destiny's Child. O livro descreve como o sucesso atingiu o Destiny's Child. Em 2007 ela se destacou como capa da revista Sports Illustrated Swimsuit Issue, se tornando a primeira mulher não-modelo e não-atleta e a segunda afro-americana depois da modelo Tyra Banks a estampar a capa da revista. No mesmo ano, uma imagem de Beyoncé segurando um longo cigarro foi exposta nos outdoors e jornais dos Estados Unidos, para fazer a divulgação do seu álbum B'Day. A imagem não agradou a um grupo de antitabagismo que declarou que ela não precisa adicionar o suporte de cigarro para parecer uma pessoa mais sofisticada.
Por ser uma das celebridades negras mais expostas a mídia nos Estados Unidos, Beyoncé tem recebido muitas vezes críticas devido ao racismo e ao sexismo. Ela já processou a empresa L'Oréal por ter alterado o seu tom de pele digitalmente em uma de suas propagandas. A empresa negou ter alterado os traços ou o tom de pele de Beyoncé na propaganda do produto. A revista Vanity Fair também foi acusada de alterar o tom de sua pele digitalmente, mas nada foi confirmado pela revista.
No dia 24 de Abril de 2009 Beyoncé apareceu no programa de televisão Larry King Live, com uma imagem mais política e conservadora sobre tudo, desde cantar na inauguração do presidente Barack Obama, ao racismo que ela enfrentou por ser um afro-americano. Durante a entrevista ela afirmou que cantar para o presidente no baile de posse foi o destaque de sua carreira.
A revista People elegeu Beyoncé como a artista mais bem vestida de 2007. Para a revista Rolling Stone, depois do lançamento do álbum Dangerously in Love, ela se tornou um símbolo sexual, semelhante a mulheres como a atriz Halle Berry. No World Music Awards de 2008, Beyoncé foi homenageada com um prêmio pela sua contribuição excepcional para as artes. O Salão da Fama e Museu do Rock and Roll colocou o álbum Dangerously in Love na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.

Sasha Fierce
Após o lançamento de seu terceiro álbum, I Am... Sasha Fierce, Beyoncé apresentou para o mundo o seu alter ego, Sasha Fierce, que segundo a cantora representa o seu lado mais agressivo, sensual e confiante como cantora. Em entrevista a revista People ela disse que esse alter ego é estritamente para o palco e que Sasha Fierce nasceu durante as filmagens do videoclipe de "Crazy in Love". Em uma entrevista para a MTV ela disse: "Sasha Fierce é divertida, mais sensual, mais agressiva e o lado mais sincero e mais glamouroso que surge quando eu estou trabalhando e quando estou no palco". Durante uma entrevista para a revista Marie Claire, ela revelou que se sente possuída por seu alter ego no palco e criou Sasha Fierce para fazer coisas que faria normalmente.

Solidariedade
Beyoncé e a sua família, junto com a cantora Kelly Rowland, criaram a Survivor Foundation, que é uma instituição de caridade que visa à criação de alojamentos provisórios para as vítimas do Furacão Katrina, evacuado as vítimas em Houston no Texas. Beyoncé também doou 100 mil dólares para o Gulf Coast Ike Relief Fund, que beneficia as vítimas do Furacão Ike, na área de Houston. Ela organizou uma angariação de fundos para aumentar as doações para beneficiar as vítimas do Furacão Ike através da Survivor Foundation.
Em 2005, o produtor David Foster e a sua filha Amy Foster-Gillies escreveram a música "Stand Up for Love", que foi lançada como o hino do Dia Mundial da Criança pelo grupo Destiny's Child, em um evento que ocorre anualmente em todo o mundo em 20 de Novembro para conscientizar e levantar fundos para causas de crianças em todo o mundo. Em 2008, Beyoncé gravou com outras cantoras a música "Just Stand Up!", para o programa de caridade Stand Up to Cancer.
Durante as pausas da turnê The Beyoncé Experience Tour, Beyoncé criou unidades de coleta de alimentos em Houston, no dia 14 de Julho; Atlanta, no dia 20 de Julho; Washington, D.C., no dia 9 de Agosto; Toronto, no dia 15 de Agosto; Chicago, no dia 18 de Agosto; e Los Angeles, no dia 2 de Setembro de 2007, com o objetivo de doar estes alimentos para as pessoas necessitadas. Para explicar melhor esta coleta de alimento, a cantora afirmou:
〞 A fome atinge um em cada comunidade nos Estados Unidos. Então, eu estou usando a minha turnê e a Survivor Foundation para chamar a atenção para a fome nacional, juntando forças com o pastor Rudy e com a America's Second Harvest. 〝
No dia 4 de Outubro de 2008, Beyoncé participou do Miami Children's Hospital Diamond Ball & Private Concert no AmericanAirlines Arena em Miami, onde ela foi incluída no International Pediatric Hall of Fame.
Ao longo do evento o pianista Ethan Bortnick dedicou a música "Over The Rainbow" a ela. Depois que Beyoncé encerrou as gravações do filme Cadillac Records, onde ela interpreta a cantora Etta James, que já foi viciada em heroína, ela doou todo o dinheiro que ganhou para fazer o filme para a fundação Phoenix House.
Beyoncé sempre incentivou seus fãs a trazerem alimentos não-perecíveis para os seus shows nos Estados Unidos, com o objetivo de ajudar a Feeding America, para que ela possa doar mais de 3,5 milhões de refeições para os bancos de alimentos locais. No dia 22 de Janeiro de 2010, Beyoncé participou junto com outros artistas do show beneficente Hope For Haiti Now (em português: Esperança Para o Haiti Agora), cantando em Londres para ajudar as pessoas no Haiti. O dinheiro arrecadado com o evento foi para a Cruz Vermelha, para o Unicef e para as organizações Oxfam. Beyoncé foi nomeada o rosto oficial da edição limitada de camisetas Fashion For. A camiseta possui a frase "To Haiti With Love" (em português: "Para o Haiti Com Amor"). Foi desenhada por Peter Arnell, que também criou as camisetas para o Fashion for America.
No dia 5 de Março de 2010, Beyoncé e sua mãe inauguraram no Brooklyn Phoenix House o centro de cosmética Beyoncé Cosmetology Center. O centro oferece um curso de treinamento de sete meses sobre cosméticos para homens e mulheres. Todos os produtos que são utilizados no centro foram doados pela empresa L'Oréal. Beyoncé e sua mãe se comprometeram a doar para o centro 100 mil dólares anualmente. Em Março de 2011, a National Association of Broadcasters Education Foundation (NABEF) anunciou que está lançado uma campanha intitulada Let's Move! Flash Workout com a Beyoncé e a primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama que visa combater a obesidade infantil. O evento convida os alunos do ensino médio em todo o Estados Unidos a participar de uma rotina pré-coreografada de exercícios de dança intitulado Let's Move!. Para ajudar na campanha Beyoncé regravou a música "Get Me Bodied" do seu segundo álbum B'Day e a renomeou de "Move Your Body".
Special
Links